ACQUA+ LAVANDERIA

ACQUA+ LAVANDERIA
Deixa que ela lava sua roupa suja.contato.87441314 e-mail:acquamaislavanderia@bol.com.br

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Concurso em cajapió.







A prefeitura de Cajapió irá realizar um concurso público para vários cargos, as inscrições começarão no dia 27 de julho até dia 14 de agosto de 2015. Para maiores informações clique no link abaixo: 





quinta-feira, 23 de julho de 2015

Datena negocia candidatura com PSB

São Paulo - O jornalista José Luiz Datena mescla frases como “eleição é armadilha para idiotas” e “sou um cara movido a desafios” para negar e ao mesmo tempo se posicionar como possível candidato à Prefeitura de São Paulo em 2016. O âncora do programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, confirma que foi sondado formalmente pelo PSB e que já conversou com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) sobre o assunto. E como fazem quase todos os políticos a um ano e três meses da eleição, ele nega uma eventual candidatura, com a ressalva: “O perigo é deixar a vaidade se afastar da realidade”. 
A sondagem ao jornalista foi antecipada pelo portal UOL. Datena confirma que teve conversas “muito boas” com o vice-governador Márcio França, presidente estadual do PSB, quando recebeu um convite formal para se filiar à legenda. Uma nova reunião entre o jornalista e França está marcada para a semana que vem. 
O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, disse que o contato com Datena é preliminar e não prejudica as tratativas para a filiação e eventual candidatura da senadora Marta Suplicy (sem partido-SP), até então principal aposta da sigla para 2016. “Não tem problema nenhum no Datena vir para o partido, mas não é pra tirar a candidatura dela não”, disse. 

ctv-ch2-datenaestadao: O apresentador de TV José Luiz Datena
Marta, entretanto, já adiou por duas vezes sua filiação no PSB e admitiu conversas com o PMDB, o que irritou dirigentes do partido, principalmente em São Paulo. Márcio França diz que o diretório respeita o “tempo da decisão” de Marta, mas neste momento está fazendo o mesmo que ela. “Estamos especulando alternativas, ela partidárias e eu de candidatos”, disse França, ressalvando que ainda não há nada de concreto. Questionado sobre o assunto, Datena diz apenas que “as pessoas não precisam temer antes do tempo”.
Outros. O apresentador disse ainda que foi “sondado por outros políticos”, sem dar nomes. “Esses caras ainda vão ter que se coçar muito”, disse, referindo-se a um possível convencimento. “Quero que me convençam que sou necessário e importante. Até agora não fui.”
Sobre a conversa que teve com Alckmin, Datena relata que o governador falou sobre as agruras de um candidato e não fez qualquer convite. “Foi no Palácio dos Bandeirantes logo após a morte de Thomas (filho do governador, morto em um acidente de helicóptero em 1.º de abril)”, disse. Conversamos por umas duas horas sobre o que tinha acontecido e uns dez minutos sobre a vida política. Ele me disse ‘se você entrar num negócio desse não tem nada a ganhar, só a perder’”, disse. 
Ao mesmo tempo em que nega intenção em se candidatar, o apresentador adota um discurso que depõe ao contrário. “Nunca tive pretensão política mas como cidadão estou convencido que já chega. As opções (de candidatos) estão cada vez mais escassas”, disse. “Se eu me candidatar não vou depender de marqueteiro político. Não vou permitir que me digam o que devo fazer. ”

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Governo do Maranhão diminiu impostos para motos

moto legal
Para reduzir impostos para proprietários de motos com valor de compra de até R$ 10 mil, o governador Flávio Dino sancionou a lei que institui o ‘Programa Moto Legal’. A ação integra o conjunto de iniciativas do Governo do Estado para melhorar a Educação no Trânsito e promover a legalização de motocicletas que estão em circulação.
Com o programa, haverá três novidades para o pagamento do imposto de motos que custem até R$ 10 mil. Para garantir os benefícios, os proprietários deverão apresentar Carteira Nacional de Habilitação (CNH), capacete com viseira e não ter cometido nenhuma infração de trânsito nos últimos 12 meses. Em caso de violação de qualquer um dos itens, haverá cancelamento dos benefícios. A ideia é promover a educação no trânsito e dar mais segurança ao piloto e aos pedestres.
Os benefícios são três. O primeiro deles será a isenção de 50% do valor do pagamento do primeiro IPVA, para motos novas cujo valor de compra seja menor ou igual a R$ 10 mil. O benefício é limitado a uma moto por beneficiário.
O segundo diz respeito às motos de até R$ 10 mil compradas anteriormente, mas que não foram emplacadas. Para regularizá-las junto ao Detran, o proprietário terá a anistia de todas as cobranças de IPVA anteriores, bem como das multas tributárias relacionadas, caso regularize a sua situação até o dia 31 de dezembro de 2015. Com isso, o Maranhão dá um grande passo para a legalização da frota de motos que, hoje, possui 40% de veículos sem registro no Detran.
E a terceira modificação diz respeito ao valor total dos IPVAs cobrados a partir de 2016 para todas as motos de até R$ 10 mil. A alíquota instituída a partir do próximo ano será de 1% sobre o valor de compra da moto, o que representa uma grande redução para a carga tributária do contribuinte, que pagou como taxa de IPVA o equivalente a 2% do valor de compra da moto. Com isso, o valor de todos os IPVAs de motos no Maranhão será reduzido à metade do valor atual, desde que se adequem ao teto estabelecido pela nova legislação.
As medidas têm impacto na segurança, no trânsito, na saúde pública e na arrecadação fiscal do Estado. O Programa incentiva o uso de equipamentos de segurança, o que reduz os acidentes e a superlotação dos hospitais; com o incentivo à legalização há uma redução da utilização de motos para o crime e os benefícios fiscais do Programa reduzem a carga tributária de veículos de duas rodas que custam até R$ 10 mil reais.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Doleiro diz que PT quis trazer R$ 20 mi para eleição de Dilma

O PT disse que não iria se pronunciar sobre o caso, assim como o advogado de Youssef, Figueiredo Bastos, que comentou que não falaria sobre o teor do depoimento.
Em novo depoimento, o doleiro Alberto Youssef disse que foi procurado por um emissário da campanha da presidente Dilma Rousseff, no ano passado, para trazer de volta ao Brasil cerca de R$ 20 milhões depositados no exterior. Segundo reportagem da 'Folha de S. Paulo', o depoimento foi dado à Justiça Eleitoral no dia 9 de junho deste ano, em Curitiba.
Youssef é apontado como um dos principais operadores do esquema de corrupção na Petrobras e foi preso com a deflagração da Operação Lava Jato. O novo depoimento foi tomada no âmbito de uma ação movida pelo PSDB contra Dilma no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), onde é pedido a cassação da chapa encabeçada pela petista por abuso de poder econômico e político .
"Olha, uma pessoa de nome Felipe me procurou para trazer um dinheiro de fora e depois não me procurou mais. Aí aconteceu a questão da prisão, e eu nunca mais o vi'', disse Youssef no depoimento. A questão surgiu em decorrência da matéria publicada na revista 'Veja', que denunciava que o PT havia pedido ajuda para repatriar o dinheiro.
De acordo com o jornal, doleiro afirmou que Felipe não pertencia ao seu círculo de relações ou amizades. Além disso, Youssef afirmou que não lembra do sobrenome do homem. Ao ser perguntado se esse valor seria usado na campanha de Dilma, ele respondeu: "Sim, mas não aconteceu".
A 'Folha' procurou o ministro Edinho Silva (Comunicação Social da Presidência), que afirmou que o doleiro "nunca manteve contato com a campanha de Dilma Rousseff" à reeleição. ''Desconheço as pessoas citadas. Apenas eu, Edinho Silva, tinha autorização da campanha Dilma Rousseff para estabelecer contatos e efetuar arrecadação. Além disso, em janeiro de 2014 não havia sequer campanha eleitoral".
O PT disse que não iria se pronunciar sobre o caso, assim como o advogado de Youssef, Figueiredo Bastos, que comentou que não falaria sobre o teor do depoimento.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

ANIVERSÁRIO DE CAJAPIÓ



No dia 19 de Junho a cidade de Cajapió completou 80 anos de emancipação politica. A cidade que administrada pelo prefeito Nonato Silva e sua vice Ana Silvia, celebrou essa data com uma grande solenidade na qual teve uma missa de agradecimento, com a presença de alguns vereadores, e com a presença do secretário de Educação Márlon Sousa e o secretário de administração Geovam Lima e chefe de gabinete sr. Bruno,  logo em seguida teve um bolo para comemorar esse marco tão importante para cidade e foi dividido junto com os estudantes de Cajapió. E para fechar com chave de ouro a noite foi à abertura do Arraial da gente com a Banda Pé de Serra e o Boi de Axixá.
Cidade com uma população de aproximadamente 8.393 habitantes sendo, 4.305  do sexo masculino e 4.088 do sexo feminino. É município do Estado do Maranhão, localizado na Baixada Maranhense, com cerca de 930 quilômetros quadrados de área. Possui uma densidade populacional de quase 8.99 habitantes por Km quadrado segundo o IBGE. Está localizado em Latitude -02º 52’ 51’ e Longitude 44º 40’ 29’, tendo como municípios vizinhos São Vicente Férrea a 25,1 Km, Bacurituba a 23,1 Km e São João Batista a 34,4 Km.

Aos Cajapioenses nossos sinceros votos de Felicidades.

Vejam as imagens