quarta-feira, 17 de maio de 2017

Em Brasília, prefeito Dr. Marcone se reúne com ministro da saúde e consegue recursos para Cajapió

O prefeito de Cajapió, Dr. Marcone, está em Brasília, onde participa da Marcha dos Prefeitos e compõem a caravana da Federação Maranhense dos Prefeitos. Ele cumpre uma extensa agenda de visitas e encontro com deputados e ministros, além de debates e garantia de recursos.
Prefeito ao lado do deputado e do ministro
Hoje, 17 de maio, o prefeito se reuniu com o ministro da saúde, Ricardo Barros em busca de investimentos para o município. O encontro contou também com a presença do presidente estadual do PP, deputado André Fufuca.
Na oportunidade o prefeito solicitou o aumento da equipe da Estratégia Saúde da Família, implantação do Nasf 1, inserir o município de Cajapió como gestão plena de saúde, e aquisição de equipamentos hospitalares.
“Agradeço ao deputado e ao ministro pela receptividade e pelo acolhimento das nossas reivindicações”, disse o prefeito.
Parabéns Prefeito 
Matéria   SJB

terça-feira, 16 de maio de 2017

Dr. Marcone coloca as ‘mãos na massa’ e ajuda moradores a tapar açude em Cajapió

O prefeito de Cajapió foi flagrado no ultimo sábado colocando literalmente as mãos no barro e ajudando moradores da sua cidade a tapar um açude no  povoados paricá, do município.
As fotos foram tiradas pelos próprios moradores e postadas em redes sociais. Ele ajudou a tapar a barreira do açude do povoado Paricá, que se rompeu após uma grande chuva em Cajapió.
Durante a tapagem, o prefeito foi parabenizado pelos próprios moradores pela humildade, o que foi retribuído no mesmo sentido pelo gestor, dizendo que está trabalhando diuturnamente para melhorar a qualidade de vida dos cajapioenses.
Matéria cedida  Folha de SJB

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Urgente: mulher é acusada de matar seu próprio filho em Matinha


Uma jovem  de 26 anos está sendo acusada de matar seu próprio filho no povoado Patos, cidade de Matinha. O caso aconteceu hoje pela manhã e chocou os moradores da região, que informaram a polícia.
Local usado para o enterro do filho
Segundo o soldado Rogeres, que comandou a operação, uma jovem de 26 anos, que o blog prefere preservar seu nome, estaria grávida e deu a luz hoje ao seu bebê. Por motivos não declarados, ela matou e enterrou seu próprio filho no quintal de sua casa.
Após isso, moradores desconfiaram e chamaram a polícia, que o desenterraram e encaminharam o corpo ao IML de São Luis. A mulher e seu esposo, foram conduzidos à Regional de Viana, onde serão tomadas as devidas providências.
Segundo a polícia, os dois estão sendo suspeitos de cometerem infanticídio e ocultação de cadáver. A informação dada pela Polícia Militar de Matinha e recebeu fotos do acontecido, mas prefere preservar a identidade e as fotos
Matéria fornecida Folha de SJB

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Moradora de Cajapió recebe premiação do Maracap

Uma moradora do município de Cajapió foi sorteado com o primeiro prêmio da ultima edição do Maracap, realizado no ultimo domingo em São Luis. O resultado se encontra disponível no site do programa.
Esta semana, o coordenador regional do Maracap, Mecinho, entregou a premiação a dona Lenir do Carmo Cruvel Nogueira, que foi sorteada com 5 mil reais, na primeira premiação. Recentemente, uma moradora de São Vicente Ferrer ganhou dois carros no valor de mais de 60 mil reais.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Em Cajapió, portaria comprova que contratados foram exonerados em novembro do ano passado


Ex-prefeito exonerou todos os contratados
A manifestação dos funcionários contratados de Cajapió, que foram até a sede do Ministério Público pedir providências para o pagamento de salários que supostamente os mesmo trabalharam em dezembro, teve uma reviravolta um dia depois do blog postar a matéria sobre a reivindicação.
Eles cobram o atual prefeito pelo pagamento e dizem que o ex-prefeito, Nonato Silva, não pagou por o dinheiro da repatriação foi bloqueado a pedido do Ministério Público. Uma portaria assinado pelo ex-prefeito desmente essa versão e comprova que eles foram exonerados em novembro do ano passado pelo então prefeito da cidade.
Na portaria, assinada no dia 26 de outubro de 2016, o então prefeito diz que ficam exonerados todos os servidores contratados em cargos de comissão, permanecendo apenas servidores que são de fundamental importância a manutenção dos serviços básicos essenciais à população de Cajapió.
No documento obtido com exclusividade pelo blog do bine , Nonato Silva que os efeitos da portaria teriam efeitos a partir do dia primeiro de novembro de 2016, portanto quase todos os funcionários contratados não poderiam continuar no trabalho a não ser os efetivos, já que o ex-prefeito teria baixado uma portaria exonerando todo mundo.
Isso aconteceu por que ele perdeu a eleição para o atual prefeito, Dr. Marcone, e inclusive Nonato Silva responde na justiça por ter colocado quase mil funcionários na época da campanha. Por outro lado, em conversa com o blog, o atual prefeito disse que já efetuou, assim que assumiu, o pagamento de todos os efetivos que trabalharam em dezembro.
Dr. Marcone disse ainda que não poderia fazer nenhum pagamento para contratado do mês de dezembro por conta da existência da portaria determinando a exoneração. Mesmo assim, ex-funcionários entraram na justiça.
matéria sedida Folha de SJB