ACQUA+ LAVANDERIA

ACQUA+ LAVANDERIA
Deixa que ela lava sua roupa suja.contato.87441314 e-mail:acquamaislavanderia@bol.com.br

domingo, 16 de novembro de 2014

Salve-se quem puder! Navio da Libéria com suspeita de trazer vírus ebola vai atracar amanhã no Maranhão

Navio da Libéria que vai atracar no Maranhão
Navio da Libéria que vai atracar no Maranhão
Um navio cargueiro, de bandeira holandesa Clipper Alba, que partiu da Libéria – com suspeita de trazer o vírus ebola, está em direção ao Maranhão sem ter sido inspecionado por fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
A embarcação estava ancorada no município de Santana, no Amapá, por problemas no maquinário do navio. A inspeção deveria ter ocorrido no porto do Distrito de Fazendinha, em Macapá, na última quarta-feira (12).
De acordo com informações, o comandante da embarcação, Lúcio Marques, mudou a rota final, alternando o destino que seria a a cidade de Itacoatiara, no Amazonas, para São Luís, no Porto de Itaqui. A previsão é de que o navio chegue ao Estado neste sábado (15).
A inspeção em terras maranhenses, ainda, não foi confirmada pela Anvisa. Caso ele atraque no Estado, ele deverá ficar à 20 milhas do Porto. Ainda, segundo informações, o deslocamento do navio cargueiro para o Estado já foi comunicado a corporação do Maranhão.
A embarcação está sendo monitorada desde o último dia 4 de novembro, desde que deixou a cidade de Bhuchanan, no leste africano, devido à epidemia de ebola na região [país, ainda, vive estado de emergência da doença].
Trabalhadores querem o cumprimento da quarentena de 21 dias na embarcação para que ela siga viagem, para que seja feito o período de incubação do vírus ebola.
Este é o segundo caso de um navio vindo de áreas com o vírus ebola que chega ao Estado do Amapá. O primeiro
caso teria ocorrido no mês de outubro de 2014.

sábado, 15 de novembro de 2014

“VAMOS ENTREGAR O MARANHÃO MELHOR”, DIZ FLÁVIO DINO SOBRE POSIÇÃO DO ESTADO NO RANKING DO IDH

Dino: IDH do MA deve ser compatível ao seu PIB, o 16º do Brasil (1:33)
O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), tem como meta elevar o IDH do Maranhão (hoje o 2º pior entre os Estados) para algo próximo da colocação do PIB do Estado (o 16º do país). Flávio Dino falou à Folha e ao UOL em 3.nov.2014. A gravação ocorreu no estúdio do Grupo Folha em Brasília. Leia a entrevista e acesse a página do programa Poder e Política.
 O governador eleito Flávio Dino assumiu mais uma vez o compromisso de desenvolver ações para melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios maranhenses. O estado ocupa o penúltimo lugar no ranking dos estados brasileiros. 
 Em quatro anos, Dino promete dar atenção especial à agricultura, pecuária, pesca e aquicultura, implementar uma política industrial democrática e ousada, com a verticalização das cadeias produtivas para avançar nos índices sociais do estado. 
“Vamos entregar um Maranhão melhor. O Maranhão de 2018 que não estará nos últimos lugares no IDH. Eu tenho convicção que isso é possível. O Maranhão tem o 16º PIB do país. Acho que essa é uma referência que nós devemos perseguir”, disse Flávio Dino, ao questionar o abismo entre a riqueza do estado e a situação social tão negativa.
Para ele, a resposta para essa disparidade está exatamente no modelo político implantado no Maranhão. “Como a política concentrou riqueza pela via do patrimonialismo e da corrupção, essa riqueza não chegou até a casa das pessoas. Na medida em que você enfrenta isso, consegue melhorar a renda da sociedade, melhorar os indicadores educacionais”, acredita Dino. 
No Programa de Governo que Flávio Dino apresentou para a população e que está disponível na internet para consulta, ele destaca as diretrizes que implantará ao longo dos próximos quatro anos de gestão. Entre elas, aplicar no Maranhão uma gestão administrativa honesta, combater a corrupção e incentivar o controle social das ações governamentais e reduzir as desigualdades e a pobreza, com uma nova geração de políticas sociais e direitos.
VEJAM O LINK.





sábado, 8 de novembro de 2014

O Repasse do Governo Federal para Cajapio

O que o Prefeito esta fazendo com o dinheiro do povo?

Só o FPM deu 783.150,70 (setecentos e oitenta e três mil e cento e cinquenta reais e setenta centavos) mais o FUNDEB que repassou 380.385,49 (trezentos e oitenta mil e trezentos e oitenta e cinco reais e quarenta e nove centavos) cadê os Vereadores que não fiscalizam o dinheiro que é do povo tem vereador que faz é defender o Prefeito parece que são funcionários da Prefeitura e não vereador.
Também com um contador desse ele é pior que o do ex-prefeito Chico o famoso Claudio

Total                     783.150,70     FPM
                              380.385,49    FUNDEB
                              --------------
                             1.163,536,1 9

Cajapió - MA
outubro/2014

Decêndio
Total
FPM
232.530,38
60.473,73
108.344,71
401.348,82
ITR
860,64
0,00
35,75
896,39
IOF
0,00
0,00
0,00
0,00
CIDE
0,00
0,00
0,00
0,00
FEX
0,00
0,00
0,00
0,00
ICMS LC 87/96
520,00
0,00
0,00
520,00
ICMS LC 87/96-1579
0,00
0,00
0,00
0,00
FUNDEF
0,00
0,00
0,00
0,00
FUNDEB
242.290,90
37.636,05
100.458,54
380.385,49
Total
476.201,92
98.109,78
208.839,00
783.150,70


 
Origens do FUNDEB
Decêndio
Total
FPM
25.903,91
6.736,78
12.069,61
44.710,30
FPE
42.977,57
11.177,10
20.024,88
74.179,55
IPI-EXP
521,56
181,39
92,39
795,34
Complementação da União
168.314,76
0,00
0,00
168.314,76
Lei Complementar Nº 87
587,62
0,00
0,00
587,62
ITR
456,96
0,00
193,31
650,27
IPVA
400,81
1.026,53
365,11
1.792,45
ITCMD
32,95
68,99
24,86
126,80
ICMS
3.094,76
18.445,26
67.688,38
89.228,40
Total
242.290,90
37.636,05
100.458,54
380.385,49


domingo, 2 de novembro de 2014

Felipe Camarão assumirá Secretaria de Gestão e Previdência no governo Flávio Dino

FelipeCamarãoO governador eleito do Maranhão, Flávio Dino, definiu nesta sexta-feira (31) o nome de Felipe Costa Camarão para comandar a Secretaria de Gestão e Previdência (Segep). Essa foi a 15ª indicação de composição do governo que terá início no próximo 1º de janeiro.
Com formação em Direito e especialista em Gestão Pública, ele assume a pasta responsável pela gestão de pessoal, patrimônio e previdência. É a Segep que coordena também a Escola de Governo. Felipe Camarão assumirá a Secretaria com a missão de valorizar os servidores públicos – ativos e inativos, além de aprimorar os serviços de estado destinados especificamente aos servidores, especialmente saúde.
FELIPE COSTA CAMARÃO – Secretaria de Gestão e Previdência
Felipe Camarão é bacharel em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), onde é professor. É mestre em Direito e especialista em Gestão Pública. Entre os cargos que já ocupou, estão a direção do Procon-MA por duas vezes, chefe da Procuradoria Federal do Maranhão e também da Procuradoria do INSS. Atualmente, é sub-procurador-chefe da UFMA, função que ocupa há três anos.

Em Imperatriz, Flávio Dino agradece votos e reafirma compromissos com a região

Agência Brasil - ABr - Empresa Brasil de Comunicação - EBCPara agradecer a expressiva votação e refirmar os compromissos com a Região Tocantina, Flávio Dino voltou à Imperatriz na tarde desta sexta-feira (31), confirmando que dará atenção especial à região. Além de realizar uma carreata de agradecimento, o governador eleito concedeu coletiva à imprensa e participou de ato político reafirmando os compromissos firmados na campanha.
“Ao lado de São Luís, Imperatriz é para mim também capital do Maranhão”, disse ao anunciar medidas para que a região tenha a presença e o apoio constantes do Governo do Estado. A ocasião também serviu para que o governador eleito conclamasse todos a fazerem parte da mudança, dando a garantia de que os maranhenses não terão expectativas frustradas.
Ao lembrar que a cidade de Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Estado, deu 84% dos votos ao projeto de mudança política, o mesmo que 98.941 votos, Flávio Dino agradeceu e confirmou seu empenho para o desenvolvimento da região, garantindo que mensalmente ele mesmo ou um membro do secretariado estará na segunda maior cidade do Estado. Com isso, foi reforçado o compromisso de fazer um governo presente e de apoio integral a região.
No discurso, Flávio Dino fez questão de ressaltar que empreendera esforços para que seu governo seja mobilizador da sociedade e transformador da realidade social. Ele também anunciou que a gestão inicia efetivamente a partir de 1º de janeiro, de modo que os compromissos de campanha possam ser cumpridos levando benefícios à sociedade.
Outro compromisso anunciado pelo governador eleito foi a instalação da Universidade Estadual da Região Tocantina com autonomia e articulação de políticas de educação para a região. Com esta medida, a UEMA de Imperatriz não será mais subordinada à central de São Luís e terá autonomia própria.
Em todas as atividades de que participou na região, Flávio Dino esteve acompanhado do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, e dos secretários anunciados Márcio Jerry (Articulação Política e Assuntos Federativos) e Clayton Noleto (Infraestrutura).